O nosso website utiliza cookies para fornecer a vocês, usuários, conteúdos e serviços de seu interesse, para melhorar a experiência durante sua navegação. Destacamos que referido uso é realizado de acordo com as obrigações legais com relação ao tratamento de dados pessoais e regulatórias aplicáveis ao segmento aeroportuário.
Para continuar navegando é importante que você leia e entenda os termos da nossa Política de utilização de cookies.

Sobre o Fortaleza Airport

Em 1952, a antiga Base do Cocorote recebeu o nome de Aeroporto Pinto Martins, em homenagem ao piloto cearense Euclydes Pinto Martins, que realizou o primeiro voo entre Nova York e Rio de Janeiro.

O novo Terminal de Logística de Carga (TECA) foi inaugurado em 2009.

Em março de 2017, na quarta rodada de concessões de aeroportos brasileiros, o Governo Federal concedeu o Aeroporto Internacional Pinto Martins à Fraport AG.

O aeroporto possui um grande potencial, que é reforçado pelo desenvolvimento econômico de Fortaleza e do Ceará, assim como a localização geográfica estratégica do estado como possível ponto de entrada da Europa e América do Norte para o Brasil.

Passageiros com necessidade de assistência especial (PNAEs)

Os passageiros com necessidade de assistência especial são aquelas pessoas que possuem alguma deficiência; com idade igual ou superior a 60 anos; gestantes; lactantes; pessoas acompanhadas por criança de colo; pessoas com mobilidade reduzida; ou qualquer pessoa que, por alguma condição específica, tenha limitação na sua autonomia. Como passageiro, essa pessoa tem direito a assistência especial.

De acordo com a resolução nº280/2013, o PNAE deve:

  • Informar ao operador aéreo as assistências necessárias no momento da contratação do serviço de transporte aéreo.
  • Avisar com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas do horário previsto de partida do voo a necessidade de acompanhante.

Para mais informações, acesse a Resolução n°280 da ANAC.